caatinga brazil travel tours caatinga brasil viajes tours turismo caatinga brasilien reisen urlaub

Ecoturismo no Brasil

Caatinga

Passeios Ecológicos / Brasil – O bioma da Caatinga (mata clara e aberta em tupi-guarani) é uma savana estépica tropical com fisionomia de deserto. Os componentes caracteristicas principais desta região de ecoturismo possam ser agrupados em: geologia, clima, solos, vegetação, flora e diversidade biológica.

Área / Localização

O bioma Caatinga abrange cerca de 850.000 km2, o que representa 10% do território brasileiro. Se localiza no sertão da região nordeste do Brasil, nos estados de Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe e Bahia. È cercado pelos biomas da Mata Atlântica e do Cerrado.

Geologia / Geomorfologia

A Caatinga se desenvolve sobre terrenos pré - cambrianos da Província Borborema, no norte do Escudo Atlântico. Está repleta de granitóides (plutóns) neoproterozóicos que intrudiram a província durante a colisão de blocos continentais, na gênese de Gondwana - Ocidental (Ciclo Brasiliano - Pan Africano).

Clima

O clima da Caatinga é semi - árido quente com uma estação seca extensa de até oito meses. Este clima particular dentro dos trópicos (normalmente úmidos) é devido a influência de massas de ar continentais equatoriais secas e a presênça de centros de alta pressão, formados no Atlântico, que durante o inverno invadem os sertões secos. Devido a proximidade do Equador, as temperaturas médias estão constantemente em torno de 26°C, com precipitações médias anuais de apenas 600 mm. A maioria dos rios secam no inverno.

Solos

A falta de capacidades de armazenagem da água, devido a solos rasos e pedregosos, dificulta ainda mais a situação. Por outra parte, os solos da Caatinga são bastant férteis (diferente do Cerrado). Por isso, a melhor época para turismo é o período de chuvas quando a Caatinga se transforma em um verdadeiro jardim.

Vegetação

A vegetação predominante da Caatinga é do tipo Savana Estépica (estacional - decidual). Esta floresta aberta, muitas vezes seca apresentando três estratos diferentes: arbóreo (8 a 12 metros), arbustivo muitas vezes com a presença de suculentas / cactáceas e bromeliáceas (2 a 5 metros) e o herbáceo (abaixo de 2 metros).

Flora

No decorrer do tempo, gran parte da flora da Caatinga se adaptou as condições áridas. As folhas, por exemplo, são finas ou inexistentes. Algumas plantas armazenam água, como os cactos, outras se caracterizam por terem raízes praticamente na superfície do solo para absorver o máximo de chuva.

Biodiversidade

Ao contrário do que muitos pensam, a Caatinga apresenta grande variedade de paisagens, relativa riqueza biológica e endemismo. Até agora foram identificados 1.200 espécies de plantas vasculares, 185 espécies de peixes, 44 lagartos, 47 cobras, 4 tartarugas, 3 crocodilos, 49 anfíbios, 350 pássaros e 80 mamíferos. A porcentagem de endemismo é muito alto entre as plantas vasculares (aprox. 30%) e um pouco menor no caso dos vertebrados (até 10%). A maioria dos animais da Caatinga tem habitos noturnos.

Ecoturismos / Turismo de Aventura

Para atividades de ecoturismo e turismo de aventura recomenda-se visitar as unidades de conservação da Caatinga, como por exemplo a Chapada Diamantina ou a Serra da Capivara (Patrimônio Mundial desde 1991).