Montane Altitudinal Zone rainforest brazil Piso Altitudinal Montano Montane Höhenstufe bergregenwald regenwald brasilien

Mata Atlântica

Faixa Altitudinal Montana

floreta ombrófila densa faixa montana
Mata Atlântica / Ecoturismo – A localização da faixa altitudinal montana dos ecossistemas da floresta tropical y estacional do bioma Mata Atlântica depende da latitude. Nas Reservas do Sudeste (> 24°) está localizada entre 400 e 1000 metros acima do nível do mar. A formação florestal desta faixa é denominada floresta ombrófila / estacional montana.

Florestas tropicais montanas se desenvolvem sobre solos argilosos (litosolos) que, comparados com a faixa submontana, são menos profundos e contêm menos material orgânico. Devido às elevações mais altas, as temperaturas são menores (ø 15°C) e as precipitações maiores (ø 2.500 mm/ano) que na faixa submontana.

Por causa disto, as árvores da faixa montana são menos altas ( < 25 m) e mais finas que na faixa submontana. Embaixo de 800 metros, na vertente em direção ao interior, a floresta tropical montana, muitas vezes se transforma em floresta ombrófila mista ou floresta de Araucária. As espécies caraterísticas da floresta tropical montana divididas por estratos são:

Estrato superior (dossel):
figueira (Ficus spp.), pau-sangue (Pterocarpus rohrii), cedro (Cedrela odorato), canjerana (Cabralea canjerana), maçaranduba (Manilkara subsericea), estopeira (Cariniana estrellensis), bocuva (Virola bicuhyba), guapeva (Pouteria torta), embiruçu (Pseudobombas grandiflorum), caovi (Pseudopiptadenia warmingii), pau d'óleo (Copaifera trapezifolia), canela (Ocotea spp., Nectandra spp.), guamirim e cambuis (Myrcia spp., Eugenia spp.).

Estrato intermediário:
macuqueiro (Bathysa meridionalis), flor-de-cera (Psychotria nuda), pasto-de-anta (Psycotria sessilis), aguaís-da-serra (Chrysophyllum spp.) bréjauba (Atstocaryum aculeatissimum) e palmito-juaçara (Euterpe Edulis).

Estrato arbustivo:
rubiaceae (Psychotria spp., Rudgea spp., Faramea spp.), pipe (Piperaceae) e acanthaceae (Justicia spp., Aphelandra spp.), xaxins-de-espino (Cyathea spp.).

Estrato inferior - herbáceo:
acanthaceae, rubiaceae, araceae, marantaceae e piperaceae.

* Fonte: Carlos Renato Fernandes (Floresta Atlântica)
   Nicia Wendel de Magalhães (Descubra o Lagamar)